WhatsApp Image 2024-02-13 at 15.39.00

Escolas de samba mirins encerram Carnaval que celebra 40 anos de Sambódromo

Com entrada gratuita para o público e temáticas variadas, agremiações apresentarão homenagens, brincadeiras, circo e imaginário infantil na Avenida, entre outros enredos, na terça-feira, dia 13 de fevereiro, a partir das 17h45

Terça-feira de Carnaval é dia de desfile das agremiações infantis na Passarela do Samba. Tem sido assim há 40 anos: são as crianças as responsáveis pelo encerramento da festa na Marquês de Sapucaí.  

Com entrada gratuita nos setores das arquibancadas, o desfile das Escolas de Samba Mirins do Rio de Janeiro terá início às 17h45 e tem abertura dos portões programada para as 16h30. O público ainda poderá conferir a abertura, que contará com o cortejo mirim, formado pelo Rei-Momo Arthur Miguel, a rainha Anna Gabriela e as princesas Kawany Venâncio e Thalita Alves e o casal de  mestre-sala e  porta-bandeira da Associação de Escolas de Samba Mirins do Rio de Janeiro (Aesm-Rio) 

Os infantes do Lins apresentarão o enredo “Brincadeira tem hora, brinquedo tem história, vem brincar conosco na Sapucaí”. Foto de Ronaldo Nina/Riotur

Representadas pela Aesm-Rio, as 17 agremiações que formam o Grupo Mirim fecharão o espetáculo do Carnaval do Rio 2024, transformando o Sambódromo em um grande parque de diversão, regado a samba e alegria.

Arandi Cardoso, o Careca do Império Serrano, à frente do símbolo da Império do Futuro, primeira escola de samba-mirim do Rio, fundada em agosto de 1983. Foto de Aesm-Rio

O evento marca os 40 desfiles da escola Império do Futuro, a primeira agremiação-mirim do Rio de Janeiro, e o retorno da Virando Esperança, agremiação de Niterói que representa a Unidos do Viradouro.

Quem abre a maratona de desfiles desta terça-feira é a Golfinhos do Rio de Janeiro, com o enredo  “Venha com a Golfinhos cuidar da saúde”. Em seguida, desfilam Pimpolhos da Grande Rio; Corações Unidos do Ciep; Miúda de Cabuçu; e Nova Geração do Estácio de Sá.

Confira a lista de desfiles, e os respectivos enredos, das escolas de samba mirins, na ordem de apresentação na Marquês de Sapucaí:

  1. Golfinhos do Rio de Janeiro – “Venha com a Golfinhos cuidar da saúde”
  2. Pimpolhos da Grande Rio – “Abayomi conta: As matriarcas do Samba”
  3. Corações Unidos do Ciep – “No paraíso das delícias, sabores deste Brasil”
  4. Miúda da Cabuçu – “Kathlen Romeu, vidas negras importam”
  5. Nova Geração do Estácio de Sá – “Um trampolim para crescer e viver em uma nova geração”
  6. Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy – “Flávio e Estrela”  
  7. Aprendizes do Salgueiro – “Doce Aprendiz”
  8. Filhos da Águia – “Samba Brasil”
  9. Império do Futuro – “40 anos – Império do Futuro! A pioneira! A 1ª ninguém esquece, samba se aprende na escola”
  10. Mangueira do Amanhã – “A menina da terra e o Boi Coroado”
  11. Infantes do Lins – “Brincadeira tem hora, brinquedo tem história, vem brincar conosco na Sapucaí”
  12. Petizes da Penha – “Tanguá, solo sagrado doçura que brota do chão”
  13. Estrelinha da Mocidade – “A Lenda do Guaraná”
  14. Tijuquinha do Borel – “Minha praia é de todas as tribos”
  15. Inocentes da Caprichosos – “Inseptópolis”
  16. Herdeiros da Vila – “A Herdeiros vem mostrar nossas festas populares”
  17. Virando Esperança – “E todo menino é um rei”

Com temas variados que abordam o cuidado com a saúde, a alimentação, locais que permeiam o imaginário infantil, como o circo e a praia, os insetos que habitam uma cidade, homenagens para artistas como Alcione e brinquedos e brincadeiras, entre outros, as escolas preparam um grande espetáculo no encerramento.

“Nossas crianças merecem respeito, por fazerem parte dessa história, por terem marcado presença no Sambódromo desde a sua inauguração, há 40 anos” Ressalta Edson Marinho, presidente da Aesm-Rio.

Em 2024, uma das novidades é o retorno da avaliação das agremiações em desfile que define o Troféu Estandarte do Samba Mirim. Uma  banca de  profissionais das diversas áreas do conhecimento com envolvimento no Carnaval foi selecionada pela direção de carnaval da Aesm, que em dois encontros os capacitou  apresentando as diretrizes e critérios para avaliarem o trabalho que as agremiações aplicam nos segmentos que compõem um desfile. A coordenação da equipe de  avaliação ficou a cargo de Arleson Rezende.   

Ronaldo Malta Trio é a atração do Centro da Música Carioca Artur da Tavola na sexta-feira, dia 16. Divulgação

Atrações além da folia: veja a programação nos museus e centros culturais da cidade no Carnaval

No roteiro, o que muda nas atividades e horários de funcionamento de lonas e arenas culturais

Na semana do Carnaval,  a programação de museus e centros culturais da cidade continua valendo, com alguns ajustes nos horários de funcionamento e na programação em função das festividades. Para que o público se programe e aproveite ao máximo o período de diversão além dos bailes e palcos oficiais da folia, preparamos um roteiro com algumas das opções que se mantêm e o que sai de cartaz no período da folia. Há atrações para todos os bolsos e faixas etárias. A seguir, confira a programação das lonas e arenas culturais, museus e teatros do Rio nas próximas semanas, com ingressos disponíveis em linkin.bio/cultura_rio :

QUARTA-FEIRA, DIA 07/02

Areninha Herbert Vianna (@areninhadamare)
Na quarta-feira, dia 7 de fevereiro, às 15h, a Areninha Herbert Vianna realizará um  cortejo de Carnaval com músicos locais, que farão um trajeto pela Favela da Nova Maré. O evento é gratuito. O endereço é Rua Ivanildo Alves s/n°, Nova Maré, na Maré.

QUINTA, DIA 08/02

Areninha Carioca Hermeto Pascoal (@areninhahermetopascoal)

Na quinta, dia 8 de fevereiro, às 9h a Areninha Carioca Hermeto Pascoal faz o seu grito de Carnaval, com desfile do Bloco da Areninha, Carnaritmos, pelo entorno do equipamento, tocando no carro de som ritmos variados da folia. A concentração é às 8h30. O endereço é Praça Primeiro de Maio s/nº, Bangu. Grátis. Livre.

ATÉ QUINTA, DIA 08/02

Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro (@ccoreograficorj)
Proposta cultural que articula diferentes elementos das artes da cena, o espetáculo “OCEE – Orixás Cultura Evolução Essência – Omolu A Cura” é fruto do projeto OCEE, que está em sua terceira edição. A intervenção artística em cartaz no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, na Tijuca, conta a história de uma divindade, que tem entre os elementos a terra. Em cartaz de terça a domingo, às 9h30. Grátis. Livre. Rua José Higino 115, Tijuca.

SEXTA, DIA 09/02

Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira Dicró (@arenadicro)
A Arena Dicró entra no clima de esquenta com o Bailão do Ary, na sexta-feira de Carnaval, dia 9 de fevereiro, às 19h. fica dentro do Parque Ary Barroso. A entrada é pela Rua Flora Lôbo s/nº, Penha Circular. Grátis. Livre.

SÁBADO, DIA 10/02
Sábado, dia 10 de fevereiro, às 15h, a Areninha Carioca Hermeto Pascoal, junto com o Clube do Vinil, realiza seu baile de carnaval com Dj, Carnasoul 2024, tocando o melhor do soul junto com as marchinhas de carnaval, com Dom Gordo comandando as pickups. Ingressos a R$ 5. Classificação etária 12 anos.

Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira Dicró (@arenadicro)
No sábado a Arena Dicró tem o Baile do Rabisca, às 14h, com DJ Seduty balançando as estruturas. Vem com Passinho Carioca riscar o chão da Arena! É livre o uso de purpurina, fantasia e muito muito passinho. Grátis. Livre.

ATÉ SÁBADO, 10/02
Exposição “RR Monumental”
Em cartaz no Centro de Arte Hélio Oiticica (@cma.heliooiticica), a exposição reúne pinturas da série latifúndios, esculturas de chão, pinturas em tela de tambor e em papel, entre outras obras selecionadas pelo curador Osvaldo Carvalho. Sábado, das 10h às 18h. Até 10/02. Grátis. Livre.

DOMINGO, DIA 11 DE FEVEREIRO

Show Batucada Black e convidados
A Arena Dicró promove no comingo, às 14h, o encontro de blocos Batucada Black e convidados. A folia será comandada pelo grupo Batucada Black com show da bateria, passistas, mestre e sala e porta-bandeira e muito mais! Grátis. Livre.

Domingo Recreativo
A Areninha Carioca Sandra Sá apresenta o Domingo Recreativo para crianças, dia cheio de brincadeiras, desenhos e músicas com as crianças que moram no entorno do equipamento. Acontece todo domingo, às 11h. Rua Doze 1, Santa Cruz. Grátis. Livre.

QUINTA, DIA 15/02

Museu do Amanhã (@museudoamanha)
De recesso entre os dias 10 e 14, o espaço, que fica na Praça Mauá 1, Centro, volta à programação normal na quinta-feira, dia 15 de fevereiro, com as seguintes exposições:

‘Sentir Mundo – uma jornada imersiva’
A exposição “Sentir Mundo” convida o público a embarcar em uma jornada imersiva por três áreas temáticas: No Dossel da Floresta; Por dentro do Solo; e A Dança dos Insetos. Em cada uma delas, imagens, sons, texturas e aromas ativam os sentidos, no intuito de aproximá-lo da perspectiva que outras espécies têm do meio onde habitam. O painel também será integrado à premiada experiência VR Amazônia Viva, desenvolvida pela Iniciativa Inter-Religiosa pelas Florestas Tropicais IRI-Brasil. De terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h). Até 02/06. Ingressos a R$ 15 e R$ 30 (terças-feiras são gratuitas). Livre. 

“Arte de código aberto”
A mostra é um convite para o público experimentar as relações entre arte e tecnologia e criar suas próprias obras generativas. De terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h). Até 21/04. Ingressos a R$ 15 e R$ 30 (terças-feiras são gratuitas). Livre. 

Exposição principal do Museu do Amanhã
De terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h). Ingressos a R$ 15 e R$ 30 (terças-feiras são gratuitas). Livre. 

Museu de Arte do Rio (MAR @museudeartedorio) 
De recesso entre os dias 10 e 14, o espaço, que fica na Praça Mauá 5, no Centro, volta à programação normal na quinta-feira, dia 15 de fevereiro, com as seguintes exposições:

“Laroyê, Grande Rio”
Com curadoria de Leonardo Antan, Luise Campos e Thomas Reis, a exposição exibe peças que foram para a Avenida, como fantasias, esculturas e elementos cenográficos e alegóricos, além de contar com a obra de artistas convidados que serviram de inspiração para o trabalho dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora. De terça a domingo, das 11h às 18h (última entrada às 17h). Ingressos a R$ 10 e R$ 20. Até 03/03. Livre.

“Funk: um grito de ousadia e liberdade” 
A temática apresenta e articula a história do funk, para além da sua sonoridade, também evidenciando a matriz cultural urbana, periférica, a sua dimensão coreográfica, as suas comunidades, os seus desdobramentos estéticos, políticos e econômicos ao imaginário que em torno dele foi constituído. De terça a domingo, das 11h às 18h (última entrada às 17h). Até 31/08. Ingressos a R$ 20. Livre.

“Gira da Poesia – 15 anos do slam no Brasil” 
A Festa Literária das Periferias traz para o MAR a exposição, que tem curadoria de Roberta Estrela D’Alva, Luiz Romão e Júlio Ludemir e reúne olhares sobre a trajetória do poetry slam desde sua chegada no Brasil, em 2008, até os dias atuais. São fotos, vídeos, folhetos, folders, flyers, peças de vestuários, troféus e medalhas de campeonatos, livros, zines, cadernos,  discos e recortes de jornal em torno das batalhas de poesia. De terça a domingo, das 11h às 18h (última entrada às 17h). Até 20/02. Grátis. Livre. 

Ação “Conheça o MAR”
A ação oferece uma visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso pelas diferentes exposições em cartaz. A visita é concluída dentro do pavilhão para que o visitante possa retornar às exposições. Sábado, dia 17/02, domingo, dia 18/02 e domingo, dia  25/02, às 14h. Grátis. Livre.

SEXTA-FEIRA, DIA 16 DE FEVEREIRO

Areninha Carioca Gilberto Gil (@lonaggil)
O espaço, localizado na Avenida Marechal Fontenele 5.000, em Realengo, recebe na sexta, às 21h, o stand-up “Envergonhando o inimigo”, com Daniel Lopes. Um show completo com piadas que não foram vistas antes nos vídeos do ator de comédia. Os ingressos custam R$ 30. Classificação etária 16 anos.  

Feira Comunitária de Artesanato e Gastronomia
O aparelho cultural de Realengo também promove uma feira comunitária de artesanato e gastronomia, sempre às quintas, às 15h. Grátis. Livre.

Centro da Música Carioca Artur da Távola (@centrodamusicacarioca )
Na sexta, dia 16, às 19h, o espaço recebe o show de Ronaldo Malta Trio em tributo a Jorge Benjor. Os músicos desfilarão novos arranjos africanizados e interpretações personalizadas dos maiores sucessos do grande compositor e cantor Jorge Benjor. O show contará com a participação de um grupo de poetas que apresentarão o III Festival Poesia Revista 2024. Ingressos entre R$ 15 e  R$ 30. Classificação etária: 12 anos. Rua Conde de Bonfim 824, Tijuca.  

SÁBADO, DIA 17/02

Areninha Carioca Renato Russo (@areninhacariocarenatorusso_)
No sábado, dia 17 de fevereiro, tem Eco Feira de Carnaval na Areninha Carioca Renato Russo, na Ilha do Governador. O endereço é Parque Poeta Manuel Bandeira s/nº, no Cocotá, na Ilha do Governador. Realizado a partir das 11h, o evento tem brechós, teatro, música, gastronomia, Espaço Kids, brincadeiras, produtos ecológicos, livros e brinquedos. Grátis. Livre.

Parque Glória Maria (@parquegloriamaria) 
O espaço, que fica na Rua Murtinho Nobre 169, em Santa Teresa, recebe o espetáculo “Brincando com June Piruá Abramovich – La Palhaça Viajante” no sábado, dia 17, e no domingo, dia 25, às 11h. No roteiro, uma viagem em que tudo, inclusive nada, pode acontecer! A intervenção circense brincante abraça todas as idades. Nas apresentações dos dias 17 e 18 de fevereiro, June convida a Palhaça Patuvê para a brincadeira. Grátis. Livre.

A atriz Camila Shwafati se apresenta no Parque Glória Maria. Divulgação/Renato Mangolin

Centro da Música Carioca Artur da Távola  (@centrodamusicacarioca )
Em cartaz no espaço da Tijuca no sábado, dia 17, às 17h, o espetáculo “Brincante Canto pra abraçar a Terra” é um show do grupo homônimo, formado por Flávia Muniz, Di Lutgardes e Rodrigo Sebastian. “Brincante Canto” é inspirado nas rodas brincantes da cultura popular e nos rituais circulares dos povos originários. O projeto apresenta canções autorais, sambas de roda, bois e toadas da cultura popular, experimentando diferentes linguagens na dinâmica com o público. A partir dos ritmos brasileiros, das histórias, das danças e das culturas brincantes, o Brincante Canto apresenta um ritual mágico de encantarias. Grátis. Livre.

DOMINGO, DIA 18/02

Teatro Municipal de Guignol do Méier (@teatroguignolmeier.rio)
O espaço, que fica na Praça Jardim do Méier, recebe o carnaval oficial do Bloco República Suburbana no domingo, 18 de fevereiro, às 10h. O Bloco República Suburbana chega para reforçar o protagonismo do Subúrbio e do cidadão suburbano no cenário cultural da cidade. O Bloco também ocupa o espaço público desta região, fortalecendo laços e identidades suburbanas. Nesta República, o nosso ideal é descentralizar e democratizar o Carnaval de Rua, derrubando muros bairristas. Grátis. Livre. 

O Centro de Música Artur da Távola recebe o samba Canjerê do Amaro. Divulgação

Roda de Samba Canjerê do Amaro (@centrodamusicacarioca)
No domingo, dia 18 de fevereiro, às 11h, é a vez do Centro de Música Carioca Artur da Távola receber o evento “Canjerê do Amaro” . A roda de samba, que nasceu em 2017, promove a celebração das ancestralidades afro-brasileiras e africanas, através do samba e suas origens, numa troca de energia, viveres e saberes. No repertório, Amaro canta obras musicais dos seus quatro álbuns, seu DVD, de artistas da sua geração e clássicos do Semba à Sambas antológicos. Grátis. Livre.

“Carnaval Das Crianças – Rodinha De Samba” (@centrodamusicacarioca )
Domingo, dia 18 de fevereiro, às 16h, o Domingo das Crianças, também no Centro de Música Carioca Artur da Távola, terá espetáculo estrelado pelos artistas Jujuba e Ana, com a participação especial do Grupo Samba Lelê. O show, interativo e contagiante, envolveo espectador, que também participa das narrativas e das canções em ritmo de samba. A apresentação é ilustrada por breves narrativas, costurando as canções folclóricas, os brinquedos cantados e sambas que marcaram épocas. E também são apresentados os instrumentos característicos do samba. E para fechar o espetáculo, haverá baile de carnaval. Ingressos a R$ 20 e R$ 40. Livre.

APÓS O DIA 18/02

Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro
O Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro volta a funcionar no domingo pós-Carnaval, 18 de fevereiro. Às 16h, o evento Domingo das Crianças apresenta “Jujuba e Ana em carnaval das crianças – rodinha de samba”, espetáculo interativo apresentado pelos artistas Jujuba e Ana com a participação especial do Grupo Samba Lelê. Os ingressos custam entre R$ 20 e R$ 40. A Classificação etária é livre. O Centro Coreográfico fica na Rua José Higino 115, Tijuca.

TERÇA-FEIRA, DIA 20 DE FEVEREIRO


Teatro de Fantoches e Marionetes Carlos Werneck de Carvalho (@teatrocarloswerneck.rio)
Em cartaz no espaço, que fica na Avenida Infante Dom Henrique s/nº, Flamengo, o espetáculo “Neta de João, Filha de Maria” é inspirado na literatura oral paraibana.Escrito, dirigido e interpretado por Kali Correia, tem supervisão cênica do ator e diretor Júlio Adrião. Ter (20/02), às 11h. Grátis. Livre. 

QUARTA-FEIRA, DIA 21/02

Parque Glória Maria (@parquegloriamaria)
Com seu casario ao estilo Rio Antigo e ladeiras sinuosas por onde passa o bonde, Santa Teresa é um dos mais pitorescos e bucólicos bairros do Rio de Janeiro. A exposição fotográfica Santa Teresa – Memórias, Sonhos & Reflexões” é um retrato do olhar artístico do fotógrafo Roberto Cuíca, fundador e colaborador do Cineclube de Santa Teresa desde 1974. A mostra fotográfica fica em cartaz até o dia 24 e março. Livre. Grátis.

Memorial Municipal Getúlio Vargas (@memorialgetuliovargas)
O espaço promove um troca-troca de livros de quarta a domingo, das 10h às 17h. Praça Luís de Camões s/nº, Glória. Grátis. Livre.

Exposição permanente
O Memorial Getúlio Vargas também conta com uma mostra em exibição permanente, que pode ser vsita de quarta a domingo, das 10h às 17h. Grátis. Livre. 

Centro de Arte Hélio Oiticica (@cma.heliooiticica )
Instalação criada por Ribamar Ribeiro, a partir de documentos de desaparecidos políticos na ditadura, “Arquivo vivo” mostra como os personagens podem estar ligados com a história quando são interligados com estruturas de arquivos e papéis. De segunda a sábado, das 10h às 18h. Até 21/02.

Instalação “Tramaclube – A intimidades dos afetos”
Também em cartaz no Hélio Oiticica, a instalação têxtil “A intimidades dos afetos” apresenta 12 nichos interativos e um pequeno livro com as memórias afetivas de 11 artistas curadores como resultado do processo de troca dos encontros Tramaclube. De segunda a sábado, das 10h às 18h. Até 21/02. Grátis. Livre. 

Exposição “Olhares: do invisível ao visível”
A exposição “Olhares. Do invisível ao visível”, outra atração do Helio Oiticica, reúne fotografias feitas por Regina Correia entre 2018 e 2023, inserido nesse arco o período da pandemia de COVID-19. Em tamanho médio e misturando registros preto e branco e em cores, as fotos trabalham a dinâmica da (in)visibilidade social e ajudam a contar uma parte da trajetória das pessoas em situação de rua, assim como daqueles que, por diferentes estratégias, persistem em manter suas raízes e honrar sua ancestralidade.  De segunda a sábado, das 10h às 18h. Até 21/02. Grátis. Livre.

Exposição “Programa Hélio Oiticica” 
Uma plataforma experimental que coloca a obra do artista como um campo de experiências transdisciplinares em diálogo com obras de outros artistas de diferentes períodos. De segunda a sábado, das 10h às 18h. Grátis. Livre. 

Biblioteca Annita Porto Martins (@bibliotecaannitaportomartins )
Espaço da Rua Sampaio Viana 357, Rio Comprido, promove sempre às quintas-feiras, às 9h, o projeto Adote um Livro. E de segunda a sexta, das 9h às 17h, tem troca-troca de livros no local. Todos os eventos são gratuitos e têm classificação etária livre.

“Um pássaro não é uma pedra” (@arenadicro)
Quarta, 21 de fevereiro, e quinta, 22, sempre às 19h, tem espetáculo teatral “Um pássaro não é uma pedra”, na Arena Dicró. A peça foi criada a partir das histórias vividas no Teatro de Pedra, experiência de teatro comunitário e resistência cultural no campo de refugiados de Jenin, na Cisjordânia. Uma investigação cênica que, ao abordar os conflitos entre Israel e Palestina, trata de questões sensíveis ao Brasil contemporâneo. Ingressos a R$ 5 e R$ 10. Classificação etária: 14 anos. 

ATÉ SÁBADO, 24 DE FEVEREIRO

Areninha Cultural Terra (SIGA @acmterra)
Sempre aos sábados, às 9h, até 24 de fevereiro, a Areninha Cultural Terra (Rua Marcos de Macedo s/nº, em Guadalupe) promove o “Arte dos Suburbanos”, um projeto do produtor cultural Jairo Santos. O projeto procura desenvolver trabalhos de ativação cultural e atividades formativas livres em produção cultural através do teatro, para o público adolescente e jovem. Sábados, às 9h. Até 24/02. Grátis. Livre. 

ATÉ DOMINGO, DIA 25 DE FEVEREIRO

Paço Imperial
Em cartaz no Paço Imperial, no Centro, o Projeto multilinguagem “Corpo Popular” celebra e documenta os artistas e componentes das escolas de samba, através da exibição de fotos, desenhos e croquis e projetos de fantasia do carnavalesco Leandro Vieira, artista à frente da Imperatriz Leopoldinense, e com passagens por Mangueira, Império Serrano e Caprichosos de Pilares. De terça-feira a Domingo, das 12h às 18h. Até 25/02. Grátis. Livre.

ATÉ 25 DE FEVEREIRO

Bazar Colaborativo
A artesã Marina Araújo coordena um grupo de artesãs e customizadoras em uma feira de brechó e artesanato. Toda terça e quarta-feira, às 8h. Até 28/02. Grátis. Livre.

Exposição “Música Brasilis”
Uma viagem pelos 500 anos da música no Brasil. Essa é a proposta da exposição interativa realizada pelo Instituto Musica Brasilis, sob a curadoria de Rosana Lanzelotte e traz a primeira linha interativa que mostra momentos emblemáticos e os músicos através de exemplos dos seus repertórios, por meio de instrumentos musicais, vídeos e instalações interativas. De quarta a domingo, das 10h às 17h. Grátis. Livre.

CineCarioca Nova Brasília (@cinecariocanovabrasilia)
O endereço do CineCarioca é Praça Nossa Senhora de Fátima, Rua Nova Brasília s/nº, em Bonsucesso. A seguir, a lista de filmes em cartaz no espaço:

Exibição do filme “Wish: O Poder dos desejos”
Ter a dom, às 16h40. R$ 5 a R$ 10. Livre. 

Exibição do filme “Beekeeper – Rede de Vingança”
Ter a dom, às 20h40. R$ 5 a R$ 10. Livre. 

Exibição do filme “Minha Irmã e Eu”
Ter a dom, às 18h40. R$ 5 a R$ 10. 14 anos. 

Exibição do filme “Turma da Mônica Jovem: Reflexos do Medo
Ter a dom, às 15h. R$ 5 a R$ 10. 10 anos. 

A PROGRAMAÇÃO DAS BIBLIOTECAS

De recesso entre os dias 9 e 14 de fevereiro, as bibliotecas e espaços de leitura da prefeitura voltam às suas atividades no dia 15, quinta-feira, com eventos realizados, em sua maioria, de segunda a sexta, das 9h às 17h. A maioria das atividades é gratuita e tem classificação etária livre.

Biblioteca Euclides da Cunha (@bibliotecaeuclidesdacunha)
A Biblioteca, que fica na Praça Danaides s/nº, Cocotá, na Ilha do Governador, tem troca-troca de Livros de segunda a sexta, das 9h às 17h. Grátis. Livre. No evento “Caixeiro Viajante”, são realizadas doações de livros de segunda a sexta, das 9h às 17h. Grátis. Livre. 

Biblioteca João do Rio (@bibliotecajoaodorio)
O espaço na Avenida Monsenhhor Felix 512, em Irajá, também tem troca-troca de livros de segunda a sexta, das 9h às 17h. E o evento de distribuição de livros “Pegue e Leve”, de segunda a sexta, no mesmo horário. Todas as atividades são gratuitas. 

Cidade das Artes (@cidadesdasartes_ )
Localizado na Avenida das Américas 5.300, na Barra da Tijuca, o aparelho cultural do município exibe no dia 25 de fevereiro o show “A Mágica”, de Gabriel Montenegro, espetácuo de ilusionismo. Sessões sempre aos sábados, às 20h, e aos domingos, às 19h. Ingressos a R$ 40 e R$ 80. Classificação etária livre.

ATÉ MARÇO

Espaço Cultural Sérgio Porto (@espacosergioporto.rio)
Localizado na Rua Visconde de Silva, ao lado do 292, no Humaitá o Sérgio Porto tem entre as atrações a exposição “Bestas feras”, série de colagens digitais que mostram pequenos momentos de criaturas monstruosas lidando com seus universos fantásticos. Pode ser vista de quarta a domingo, das 16h às 21h. Até 04/03. Grátis. 18 anos.