Fervo da Lud - Foto: Luciola Villela | Riotur

Fervo: Ludmilla bate recorde no Carnaval 2024 e leva 1,2 milhão de pessoas às ruas do Rio

É dela: 1,2 milhão de pessoas marcaram presença na Rua Primeiro de Março, no Centro da cidade, na manhã de terça-feira,13/2, durante o desfile do megabloco Fervo da Lud

O Fervo da Lud mostrou, mais uma vez, porque é um dos maiores blocos do Carnaval de Rua do Rio. Desde as primeiras horas da manhã, foliões aglomeravam-se para esperar a entrada da cantora que, neste Carnaval, é dona do hit ‘Macetando’, junto com Ivete Sangalo, além de outros sucessos da trajetória artística que em 2024, completa 10 anos.

“Eu viajo o mundo inteiro, mas não existe lugar igual ao Rio de Janeiro. O bagulho tá muito fervo! Vocês são demais!”, comemorou Lud do alto do trio. “E não para de chegar gente! Caraca!”.

Tamanha era a multidão que fez o desfile contar com um carro-pipa para abrandar o calor que atingia o público. Com responsabilidade para garantir o bem-estar do público, Ludmilla decidiu encerrar o cortejo 30 minutos antes do horário previsto para o término, que seria às 12h.

Além da cantora, o cortejo contou com a participação das musas Bruna Gonçalves, mulher da cantora; Nicole Bahls; Ramona e Pedro Scooby, além do grupo de pagode Caju pra Baixo e da cantora Valesca Popozuda.

_JMN4942

Beleza realçada: especialista em cabelos e maquiagem assina ensaio exclusivo para o Carnaval 2024

Responsável pelo visual de estrelas, Mauro Brettas, do salão Care Body & Soul, cria produção decorativa com pedrarias, ao mesmo tempo despojada e sofisticada, para inspirar os looks da folia

A estrela de ensaios de moda Luciana Borges inspira criações de Carnaval nesta produção assinada por Mauro Brettas. Fotos de divulgação de João Mário Nunes

Se a ideia é ficar deslumbrante, convém apostar no brilho, que continua marcando presença nos looks de Carnaval. Para inspirar as produções de cabelos e maquiagem que causam impacto em blocos, bailes e camarotes, Mauro Brettas, do salão Care Body & Soul, em Ipanema, criou uma produção exclusiva com a modelo Luciana Borges, referência de beleza para mulheres 40+.

Disponíveis em lojas populares, as pedras e os acessórios fazem a diferença no visual

Segundo Brettas, o conceito por trás dessa produção era mostrar uma maquiagem decorativa, utilizando pedras e acessórios, que qualquer pessoa poderia reproduzir, além de trazer uma versão mais elegante do look de Carnaval.

Maquiagem decorativa ganhou tons de dourado e cabelos molhados, para traduzir o look elegante e despojado do carioca

“O coque e o cabelo molhado, combinados a uma maquiagem bronzeada e tons de dourado, transmitem a essência praiana da cidade, um visual que é ao mesmo tempo despojado e sofisticado, como são os bailes de Carnaval no Rio. Eu queria mostrar que não há idade para aproveitar a folia, afinal, o carnaval é a festa da inclusão, da aceitação, da relevância e da alegria para todos” define Brettas.

Ficha técnica

Cabelo e Maquiagem: Mauro Brettas, do salão Care Body & Soul. Rua Barão de Jaguaripe 289, Ipanema. Telefone: (21) 3813-0560.

Modelo: Luciana Borges @borgeslucy

Fotos: João Mário Nunes

Acessórios e Roupas@madamecarlot

Ronaldo Malta Trio é a atração do Centro da Música Carioca Artur da Tavola na sexta-feira, dia 16. Divulgação

Atrações além da folia: veja a programação nos museus e centros culturais da cidade no Carnaval

No roteiro, o que muda nas atividades e horários de funcionamento de lonas e arenas culturais

Na semana do Carnaval,  a programação de museus e centros culturais da cidade continua valendo, com alguns ajustes nos horários de funcionamento e na programação em função das festividades. Para que o público se programe e aproveite ao máximo o período de diversão além dos bailes e palcos oficiais da folia, preparamos um roteiro com algumas das opções que se mantêm e o que sai de cartaz no período da folia. Há atrações para todos os bolsos e faixas etárias. A seguir, confira a programação das lonas e arenas culturais, museus e teatros do Rio nas próximas semanas, com ingressos disponíveis em linkin.bio/cultura_rio :

QUARTA-FEIRA, DIA 07/02

Areninha Herbert Vianna (@areninhadamare)
Na quarta-feira, dia 7 de fevereiro, às 15h, a Areninha Herbert Vianna realizará um  cortejo de Carnaval com músicos locais, que farão um trajeto pela Favela da Nova Maré. O evento é gratuito. O endereço é Rua Ivanildo Alves s/n°, Nova Maré, na Maré.

QUINTA, DIA 08/02

Areninha Carioca Hermeto Pascoal (@areninhahermetopascoal)

Na quinta, dia 8 de fevereiro, às 9h a Areninha Carioca Hermeto Pascoal faz o seu grito de Carnaval, com desfile do Bloco da Areninha, Carnaritmos, pelo entorno do equipamento, tocando no carro de som ritmos variados da folia. A concentração é às 8h30. O endereço é Praça Primeiro de Maio s/nº, Bangu. Grátis. Livre.

ATÉ QUINTA, DIA 08/02

Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro (@ccoreograficorj)
Proposta cultural que articula diferentes elementos das artes da cena, o espetáculo “OCEE – Orixás Cultura Evolução Essência – Omolu A Cura” é fruto do projeto OCEE, que está em sua terceira edição. A intervenção artística em cartaz no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, na Tijuca, conta a história de uma divindade, que tem entre os elementos a terra. Em cartaz de terça a domingo, às 9h30. Grátis. Livre. Rua José Higino 115, Tijuca.

SEXTA, DIA 09/02

Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira Dicró (@arenadicro)
A Arena Dicró entra no clima de esquenta com o Bailão do Ary, na sexta-feira de Carnaval, dia 9 de fevereiro, às 19h. fica dentro do Parque Ary Barroso. A entrada é pela Rua Flora Lôbo s/nº, Penha Circular. Grátis. Livre.

SÁBADO, DIA 10/02
Sábado, dia 10 de fevereiro, às 15h, a Areninha Carioca Hermeto Pascoal, junto com o Clube do Vinil, realiza seu baile de carnaval com Dj, Carnasoul 2024, tocando o melhor do soul junto com as marchinhas de carnaval, com Dom Gordo comandando as pickups. Ingressos a R$ 5. Classificação etária 12 anos.

Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira Dicró (@arenadicro)
No sábado a Arena Dicró tem o Baile do Rabisca, às 14h, com DJ Seduty balançando as estruturas. Vem com Passinho Carioca riscar o chão da Arena! É livre o uso de purpurina, fantasia e muito muito passinho. Grátis. Livre.

ATÉ SÁBADO, 10/02
Exposição “RR Monumental”
Em cartaz no Centro de Arte Hélio Oiticica (@cma.heliooiticica), a exposição reúne pinturas da série latifúndios, esculturas de chão, pinturas em tela de tambor e em papel, entre outras obras selecionadas pelo curador Osvaldo Carvalho. Sábado, das 10h às 18h. Até 10/02. Grátis. Livre.

DOMINGO, DIA 11 DE FEVEREIRO

Show Batucada Black e convidados
A Arena Dicró promove no comingo, às 14h, o encontro de blocos Batucada Black e convidados. A folia será comandada pelo grupo Batucada Black com show da bateria, passistas, mestre e sala e porta-bandeira e muito mais! Grátis. Livre.

Domingo Recreativo
A Areninha Carioca Sandra Sá apresenta o Domingo Recreativo para crianças, dia cheio de brincadeiras, desenhos e músicas com as crianças que moram no entorno do equipamento. Acontece todo domingo, às 11h. Rua Doze 1, Santa Cruz. Grátis. Livre.

QUINTA, DIA 15/02

Museu do Amanhã (@museudoamanha)
De recesso entre os dias 10 e 14, o espaço, que fica na Praça Mauá 1, Centro, volta à programação normal na quinta-feira, dia 15 de fevereiro, com as seguintes exposições:

‘Sentir Mundo – uma jornada imersiva’
A exposição “Sentir Mundo” convida o público a embarcar em uma jornada imersiva por três áreas temáticas: No Dossel da Floresta; Por dentro do Solo; e A Dança dos Insetos. Em cada uma delas, imagens, sons, texturas e aromas ativam os sentidos, no intuito de aproximá-lo da perspectiva que outras espécies têm do meio onde habitam. O painel também será integrado à premiada experiência VR Amazônia Viva, desenvolvida pela Iniciativa Inter-Religiosa pelas Florestas Tropicais IRI-Brasil. De terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h). Até 02/06. Ingressos a R$ 15 e R$ 30 (terças-feiras são gratuitas). Livre. 

“Arte de código aberto”
A mostra é um convite para o público experimentar as relações entre arte e tecnologia e criar suas próprias obras generativas. De terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h). Até 21/04. Ingressos a R$ 15 e R$ 30 (terças-feiras são gratuitas). Livre. 

Exposição principal do Museu do Amanhã
De terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h). Ingressos a R$ 15 e R$ 30 (terças-feiras são gratuitas). Livre. 

Museu de Arte do Rio (MAR @museudeartedorio) 
De recesso entre os dias 10 e 14, o espaço, que fica na Praça Mauá 5, no Centro, volta à programação normal na quinta-feira, dia 15 de fevereiro, com as seguintes exposições:

“Laroyê, Grande Rio”
Com curadoria de Leonardo Antan, Luise Campos e Thomas Reis, a exposição exibe peças que foram para a Avenida, como fantasias, esculturas e elementos cenográficos e alegóricos, além de contar com a obra de artistas convidados que serviram de inspiração para o trabalho dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora. De terça a domingo, das 11h às 18h (última entrada às 17h). Ingressos a R$ 10 e R$ 20. Até 03/03. Livre.

“Funk: um grito de ousadia e liberdade” 
A temática apresenta e articula a história do funk, para além da sua sonoridade, também evidenciando a matriz cultural urbana, periférica, a sua dimensão coreográfica, as suas comunidades, os seus desdobramentos estéticos, políticos e econômicos ao imaginário que em torno dele foi constituído. De terça a domingo, das 11h às 18h (última entrada às 17h). Até 31/08. Ingressos a R$ 20. Livre.

“Gira da Poesia – 15 anos do slam no Brasil” 
A Festa Literária das Periferias traz para o MAR a exposição, que tem curadoria de Roberta Estrela D’Alva, Luiz Romão e Júlio Ludemir e reúne olhares sobre a trajetória do poetry slam desde sua chegada no Brasil, em 2008, até os dias atuais. São fotos, vídeos, folhetos, folders, flyers, peças de vestuários, troféus e medalhas de campeonatos, livros, zines, cadernos,  discos e recortes de jornal em torno das batalhas de poesia. De terça a domingo, das 11h às 18h (última entrada às 17h). Até 20/02. Grátis. Livre. 

Ação “Conheça o MAR”
A ação oferece uma visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso pelas diferentes exposições em cartaz. A visita é concluída dentro do pavilhão para que o visitante possa retornar às exposições. Sábado, dia 17/02, domingo, dia 18/02 e domingo, dia  25/02, às 14h. Grátis. Livre.

SEXTA-FEIRA, DIA 16 DE FEVEREIRO

Areninha Carioca Gilberto Gil (@lonaggil)
O espaço, localizado na Avenida Marechal Fontenele 5.000, em Realengo, recebe na sexta, às 21h, o stand-up “Envergonhando o inimigo”, com Daniel Lopes. Um show completo com piadas que não foram vistas antes nos vídeos do ator de comédia. Os ingressos custam R$ 30. Classificação etária 16 anos.  

Feira Comunitária de Artesanato e Gastronomia
O aparelho cultural de Realengo também promove uma feira comunitária de artesanato e gastronomia, sempre às quintas, às 15h. Grátis. Livre.

Centro da Música Carioca Artur da Távola (@centrodamusicacarioca )
Na sexta, dia 16, às 19h, o espaço recebe o show de Ronaldo Malta Trio em tributo a Jorge Benjor. Os músicos desfilarão novos arranjos africanizados e interpretações personalizadas dos maiores sucessos do grande compositor e cantor Jorge Benjor. O show contará com a participação de um grupo de poetas que apresentarão o III Festival Poesia Revista 2024. Ingressos entre R$ 15 e  R$ 30. Classificação etária: 12 anos. Rua Conde de Bonfim 824, Tijuca.  

SÁBADO, DIA 17/02

Areninha Carioca Renato Russo (@areninhacariocarenatorusso_)
No sábado, dia 17 de fevereiro, tem Eco Feira de Carnaval na Areninha Carioca Renato Russo, na Ilha do Governador. O endereço é Parque Poeta Manuel Bandeira s/nº, no Cocotá, na Ilha do Governador. Realizado a partir das 11h, o evento tem brechós, teatro, música, gastronomia, Espaço Kids, brincadeiras, produtos ecológicos, livros e brinquedos. Grátis. Livre.

Parque Glória Maria (@parquegloriamaria) 
O espaço, que fica na Rua Murtinho Nobre 169, em Santa Teresa, recebe o espetáculo “Brincando com June Piruá Abramovich – La Palhaça Viajante” no sábado, dia 17, e no domingo, dia 25, às 11h. No roteiro, uma viagem em que tudo, inclusive nada, pode acontecer! A intervenção circense brincante abraça todas as idades. Nas apresentações dos dias 17 e 18 de fevereiro, June convida a Palhaça Patuvê para a brincadeira. Grátis. Livre.

A atriz Camila Shwafati se apresenta no Parque Glória Maria. Divulgação/Renato Mangolin

Centro da Música Carioca Artur da Távola  (@centrodamusicacarioca )
Em cartaz no espaço da Tijuca no sábado, dia 17, às 17h, o espetáculo “Brincante Canto pra abraçar a Terra” é um show do grupo homônimo, formado por Flávia Muniz, Di Lutgardes e Rodrigo Sebastian. “Brincante Canto” é inspirado nas rodas brincantes da cultura popular e nos rituais circulares dos povos originários. O projeto apresenta canções autorais, sambas de roda, bois e toadas da cultura popular, experimentando diferentes linguagens na dinâmica com o público. A partir dos ritmos brasileiros, das histórias, das danças e das culturas brincantes, o Brincante Canto apresenta um ritual mágico de encantarias. Grátis. Livre.

DOMINGO, DIA 18/02

Teatro Municipal de Guignol do Méier (@teatroguignolmeier.rio)
O espaço, que fica na Praça Jardim do Méier, recebe o carnaval oficial do Bloco República Suburbana no domingo, 18 de fevereiro, às 10h. O Bloco República Suburbana chega para reforçar o protagonismo do Subúrbio e do cidadão suburbano no cenário cultural da cidade. O Bloco também ocupa o espaço público desta região, fortalecendo laços e identidades suburbanas. Nesta República, o nosso ideal é descentralizar e democratizar o Carnaval de Rua, derrubando muros bairristas. Grátis. Livre. 

O Centro de Música Artur da Távola recebe o samba Canjerê do Amaro. Divulgação

Roda de Samba Canjerê do Amaro (@centrodamusicacarioca)
No domingo, dia 18 de fevereiro, às 11h, é a vez do Centro de Música Carioca Artur da Távola receber o evento “Canjerê do Amaro” . A roda de samba, que nasceu em 2017, promove a celebração das ancestralidades afro-brasileiras e africanas, através do samba e suas origens, numa troca de energia, viveres e saberes. No repertório, Amaro canta obras musicais dos seus quatro álbuns, seu DVD, de artistas da sua geração e clássicos do Semba à Sambas antológicos. Grátis. Livre.

“Carnaval Das Crianças – Rodinha De Samba” (@centrodamusicacarioca )
Domingo, dia 18 de fevereiro, às 16h, o Domingo das Crianças, também no Centro de Música Carioca Artur da Távola, terá espetáculo estrelado pelos artistas Jujuba e Ana, com a participação especial do Grupo Samba Lelê. O show, interativo e contagiante, envolveo espectador, que também participa das narrativas e das canções em ritmo de samba. A apresentação é ilustrada por breves narrativas, costurando as canções folclóricas, os brinquedos cantados e sambas que marcaram épocas. E também são apresentados os instrumentos característicos do samba. E para fechar o espetáculo, haverá baile de carnaval. Ingressos a R$ 20 e R$ 40. Livre.

APÓS O DIA 18/02

Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro
O Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro volta a funcionar no domingo pós-Carnaval, 18 de fevereiro. Às 16h, o evento Domingo das Crianças apresenta “Jujuba e Ana em carnaval das crianças – rodinha de samba”, espetáculo interativo apresentado pelos artistas Jujuba e Ana com a participação especial do Grupo Samba Lelê. Os ingressos custam entre R$ 20 e R$ 40. A Classificação etária é livre. O Centro Coreográfico fica na Rua José Higino 115, Tijuca.

TERÇA-FEIRA, DIA 20 DE FEVEREIRO


Teatro de Fantoches e Marionetes Carlos Werneck de Carvalho (@teatrocarloswerneck.rio)
Em cartaz no espaço, que fica na Avenida Infante Dom Henrique s/nº, Flamengo, o espetáculo “Neta de João, Filha de Maria” é inspirado na literatura oral paraibana.Escrito, dirigido e interpretado por Kali Correia, tem supervisão cênica do ator e diretor Júlio Adrião. Ter (20/02), às 11h. Grátis. Livre. 

QUARTA-FEIRA, DIA 21/02

Parque Glória Maria (@parquegloriamaria)
Com seu casario ao estilo Rio Antigo e ladeiras sinuosas por onde passa o bonde, Santa Teresa é um dos mais pitorescos e bucólicos bairros do Rio de Janeiro. A exposição fotográfica Santa Teresa – Memórias, Sonhos & Reflexões” é um retrato do olhar artístico do fotógrafo Roberto Cuíca, fundador e colaborador do Cineclube de Santa Teresa desde 1974. A mostra fotográfica fica em cartaz até o dia 24 e março. Livre. Grátis.

Memorial Municipal Getúlio Vargas (@memorialgetuliovargas)
O espaço promove um troca-troca de livros de quarta a domingo, das 10h às 17h. Praça Luís de Camões s/nº, Glória. Grátis. Livre.

Exposição permanente
O Memorial Getúlio Vargas também conta com uma mostra em exibição permanente, que pode ser vsita de quarta a domingo, das 10h às 17h. Grátis. Livre. 

Centro de Arte Hélio Oiticica (@cma.heliooiticica )
Instalação criada por Ribamar Ribeiro, a partir de documentos de desaparecidos políticos na ditadura, “Arquivo vivo” mostra como os personagens podem estar ligados com a história quando são interligados com estruturas de arquivos e papéis. De segunda a sábado, das 10h às 18h. Até 21/02.

Instalação “Tramaclube – A intimidades dos afetos”
Também em cartaz no Hélio Oiticica, a instalação têxtil “A intimidades dos afetos” apresenta 12 nichos interativos e um pequeno livro com as memórias afetivas de 11 artistas curadores como resultado do processo de troca dos encontros Tramaclube. De segunda a sábado, das 10h às 18h. Até 21/02. Grátis. Livre. 

Exposição “Olhares: do invisível ao visível”
A exposição “Olhares. Do invisível ao visível”, outra atração do Helio Oiticica, reúne fotografias feitas por Regina Correia entre 2018 e 2023, inserido nesse arco o período da pandemia de COVID-19. Em tamanho médio e misturando registros preto e branco e em cores, as fotos trabalham a dinâmica da (in)visibilidade social e ajudam a contar uma parte da trajetória das pessoas em situação de rua, assim como daqueles que, por diferentes estratégias, persistem em manter suas raízes e honrar sua ancestralidade.  De segunda a sábado, das 10h às 18h. Até 21/02. Grátis. Livre.

Exposição “Programa Hélio Oiticica” 
Uma plataforma experimental que coloca a obra do artista como um campo de experiências transdisciplinares em diálogo com obras de outros artistas de diferentes períodos. De segunda a sábado, das 10h às 18h. Grátis. Livre. 

Biblioteca Annita Porto Martins (@bibliotecaannitaportomartins )
Espaço da Rua Sampaio Viana 357, Rio Comprido, promove sempre às quintas-feiras, às 9h, o projeto Adote um Livro. E de segunda a sexta, das 9h às 17h, tem troca-troca de livros no local. Todos os eventos são gratuitos e têm classificação etária livre.

“Um pássaro não é uma pedra” (@arenadicro)
Quarta, 21 de fevereiro, e quinta, 22, sempre às 19h, tem espetáculo teatral “Um pássaro não é uma pedra”, na Arena Dicró. A peça foi criada a partir das histórias vividas no Teatro de Pedra, experiência de teatro comunitário e resistência cultural no campo de refugiados de Jenin, na Cisjordânia. Uma investigação cênica que, ao abordar os conflitos entre Israel e Palestina, trata de questões sensíveis ao Brasil contemporâneo. Ingressos a R$ 5 e R$ 10. Classificação etária: 14 anos. 

ATÉ SÁBADO, 24 DE FEVEREIRO

Areninha Cultural Terra (SIGA @acmterra)
Sempre aos sábados, às 9h, até 24 de fevereiro, a Areninha Cultural Terra (Rua Marcos de Macedo s/nº, em Guadalupe) promove o “Arte dos Suburbanos”, um projeto do produtor cultural Jairo Santos. O projeto procura desenvolver trabalhos de ativação cultural e atividades formativas livres em produção cultural através do teatro, para o público adolescente e jovem. Sábados, às 9h. Até 24/02. Grátis. Livre. 

ATÉ DOMINGO, DIA 25 DE FEVEREIRO

Paço Imperial
Em cartaz no Paço Imperial, no Centro, o Projeto multilinguagem “Corpo Popular” celebra e documenta os artistas e componentes das escolas de samba, através da exibição de fotos, desenhos e croquis e projetos de fantasia do carnavalesco Leandro Vieira, artista à frente da Imperatriz Leopoldinense, e com passagens por Mangueira, Império Serrano e Caprichosos de Pilares. De terça-feira a Domingo, das 12h às 18h. Até 25/02. Grátis. Livre.

ATÉ 25 DE FEVEREIRO

Bazar Colaborativo
A artesã Marina Araújo coordena um grupo de artesãs e customizadoras em uma feira de brechó e artesanato. Toda terça e quarta-feira, às 8h. Até 28/02. Grátis. Livre.

Exposição “Música Brasilis”
Uma viagem pelos 500 anos da música no Brasil. Essa é a proposta da exposição interativa realizada pelo Instituto Musica Brasilis, sob a curadoria de Rosana Lanzelotte e traz a primeira linha interativa que mostra momentos emblemáticos e os músicos através de exemplos dos seus repertórios, por meio de instrumentos musicais, vídeos e instalações interativas. De quarta a domingo, das 10h às 17h. Grátis. Livre.

CineCarioca Nova Brasília (@cinecariocanovabrasilia)
O endereço do CineCarioca é Praça Nossa Senhora de Fátima, Rua Nova Brasília s/nº, em Bonsucesso. A seguir, a lista de filmes em cartaz no espaço:

Exibição do filme “Wish: O Poder dos desejos”
Ter a dom, às 16h40. R$ 5 a R$ 10. Livre. 

Exibição do filme “Beekeeper – Rede de Vingança”
Ter a dom, às 20h40. R$ 5 a R$ 10. Livre. 

Exibição do filme “Minha Irmã e Eu”
Ter a dom, às 18h40. R$ 5 a R$ 10. 14 anos. 

Exibição do filme “Turma da Mônica Jovem: Reflexos do Medo
Ter a dom, às 15h. R$ 5 a R$ 10. 10 anos. 

A PROGRAMAÇÃO DAS BIBLIOTECAS

De recesso entre os dias 9 e 14 de fevereiro, as bibliotecas e espaços de leitura da prefeitura voltam às suas atividades no dia 15, quinta-feira, com eventos realizados, em sua maioria, de segunda a sexta, das 9h às 17h. A maioria das atividades é gratuita e tem classificação etária livre.

Biblioteca Euclides da Cunha (@bibliotecaeuclidesdacunha)
A Biblioteca, que fica na Praça Danaides s/nº, Cocotá, na Ilha do Governador, tem troca-troca de Livros de segunda a sexta, das 9h às 17h. Grátis. Livre. No evento “Caixeiro Viajante”, são realizadas doações de livros de segunda a sexta, das 9h às 17h. Grátis. Livre. 

Biblioteca João do Rio (@bibliotecajoaodorio)
O espaço na Avenida Monsenhhor Felix 512, em Irajá, também tem troca-troca de livros de segunda a sexta, das 9h às 17h. E o evento de distribuição de livros “Pegue e Leve”, de segunda a sexta, no mesmo horário. Todas as atividades são gratuitas. 

Cidade das Artes (@cidadesdasartes_ )
Localizado na Avenida das Américas 5.300, na Barra da Tijuca, o aparelho cultural do município exibe no dia 25 de fevereiro o show “A Mágica”, de Gabriel Montenegro, espetácuo de ilusionismo. Sessões sempre aos sábados, às 20h, e aos domingos, às 19h. Ingressos a R$ 40 e R$ 80. Classificação etária livre.

ATÉ MARÇO

Espaço Cultural Sérgio Porto (@espacosergioporto.rio)
Localizado na Rua Visconde de Silva, ao lado do 292, no Humaitá o Sérgio Porto tem entre as atrações a exposição “Bestas feras”, série de colagens digitais que mostram pequenos momentos de criaturas monstruosas lidando com seus universos fantásticos. Pode ser vista de quarta a domingo, das 16h às 21h. Até 04/03. Grátis. 18 anos.

Terreirão_Di Proposito_ 02_02_2024_Fotos Paulo Mumia_0009

Jorge Aragão, Xande de Pilares, Ferrugem, Clareou e mais: não perca programação completa do Terreirão durante o Carnaval 2024

Que sucesso! O primeiro fim de semana no Terreirão do Samba, Praça Onze, bem pertinho da Sapucaí, foi pra lá de especial! Cariocas e turistas já podem se preparar para os próximos dias, pois a programação  segue a plenos vapores, com uma temporada que terá, ao todo, dez dias de apresentações (dois a mais do que na temporada 2023). O público vai poder curtir shows de Jorge Aragão, Xande de Pilares, Ferrugem, Clareou, Arlindinho e muito mais!

Os portões da casa mais democrática e icônica do samba abrirão sempre às 20h, com ingressos a R$ 20. Para facilitar o ‘rolé’, antecipe a compra pela plataforma: https://www.tickethub.com.br/ .

Programação do Terreirão do Samba – temporada 2024

Sexta 09/02

DJ FM O Dia

Black White

Vou Zuar

Clareou

Vitinho

Sábado 10/02

DJ FM O Dia

RDX

Arlindinho

Pique Novo

Suel

Domingo 11/02

DJ FM O Dia

Existência

Yan

Roda de Samba

Gustavo Lins

Rio Samba Show

Segunda 12/02

DJ FM O Dia

Juninho Thybau

Roda de Samba Beco do Rato

Gamadinho

Rio Samba Show

Terça 13/02

DJ FM O Dia

Diego Sena

Balacobaco

Bom Gosto

Tá na Mente

Sexta 16/02

DJ FM O Dia

David Quaresma

Caju pra Baixo

Mumuzinho

Ferrugem

Sábado 17/02

DJ FM O Dia

Bokaloka

Jorge Aragão

Xande de Pilares

Imagina Samba

SERVIÇO:

Terreirão do Samba

Local: Rua Benedito Hipólito 66, Praça OnzeIngressos: R$ 20, à venda pelo site https://www.tickethub.com.br

53508575915_439369daff_c

Blocos para todos os gostos colorem as ruas da cidade

Cordão do Boitatá, Favorita e Fogo & Paixão deram o tom da festa

A maratona de blocos começou cedo neste domingo. No Centro da cidade, o Cordão do Boitatá encantou milhares de foliões que foram à rua da Assembleia. Ao som de ‘Coisa nº 4’, do maestro Moacir Santos, seguida de ‘O Trenzinho do Caipira’, de Heitor Villa-Lobos, os cem multi-instrumentistas da orquestra comandaram a festa, sempre original, do Boitatá, que tem uma cobra de fogo como símbolo e este ano comemora 28 carnavais.

Na ala das baianas, próximo à serpente, Pixinguinha, personificado em mamulengo, abençoou o cordão, seguido de estandartes homenageando figuras da música popular brasileira, como Lecy Brandão, Chico Buarque, Edu Lobo, Tia Maria do Jongo, Elza Soares e Rita Lee. “Não perco por nada. Acho o Boitatá criativo, emocionante, uma manifestação cultural muito rica”, afirma Suelen Manicure, personagem que desfila pelas ruas do Rio há oito anos, oferecendo serviços de manicure durante o desfile.

Mais adiante, na rua Primeiro de Março, foi o bloco da Favorita que deu o tom nesta manhã de domingo. Em cima do trio elétrico, a atriz e rainha de bateria da Grande Rio e do cordão da Bola Preta, Paolla Oliveira, brilhou no comando da festa, fazendo sua estreia na Favorita como apresentadora: “Já amava o bloco e participo há um bom tempo, inclusive em São Paulo. Mas é a primeira vez no Rio”, comenta Paolla.
Outro destaque foi DJ Pedro Sampaio que, vestido como a eterna rainha dos baixinhos, Xuxa, cantou seus inúmeros sucessos, acompanhado de dançarinas usando modelitos à lá Paquitas. “Estou extremamente feliz por liderar um bloco pela primeira vez no Carnaval de rua do Rio. Minha música é a essência do Carnaval carioca. Só aqui conseguimos sentir o calor do povo brasileiro”, comemora Pedro.

Em um dos momentos mais emocionantes do desfile, o bloco prestou homenagem à cantora Preta Gil e Feijão, um dos convidados, cantou ‘Sinais de Fogo’, um dos maiores sucessos da cantora.

Fãs de Pedro Sampaio, as irmãs Gisele e Isabela Batista da Silva acordaram às 5h da manhã para ver de perto o ídolo. Ao final da manhã de folia, as duas mal tinham voz. “Nunca me diverti tanto! Cantei, pulei, beijei. Este é o melhor bloco do Rio!”, afirma entusiasmada Gisele.

No Largo de São Francisco, foi a vez da “sofrência” pedir passagem com o toque especial do xote, frevo e maracatu. Uma mistura que, todos os anos, atrai milhares de apaixonados pelo brega-romântico do bloco Fogo & Paixão. E, desta vez, com um “plus”: Gretchen, a rainha do bumbum, agitou a multidão ao som de ‘Freak le boom boom’ e outros sucessos mais.

O tema do 14º aniversário do bloco, que já teve Wando como padrinho, não poderia ser mais apropriado: ‘Brega é pra Brylhar’, inspirado na canção ‘Gente’, de Caetano Veloso. “Proporcionamos um verdadeiro festival de música brega. O brega, como dizem, cura onde dói”, relata Mariana Guedes, cantora do Fogão & Paixão.
Agenda de blocos

Para conferir a agenda completa dos blocos, incluindo data, horário e percurso, basta baixar o aplicativo Blocos Rio 2024, disponível em todas as plataformas digitais. A ferramenta é gratuita e opera por geolocalização.